domingo, 26 de agosto de 2012

Comic-Con 2012: True Bloods







True Blood marcou presença na Comic-Con em San Diego. O evento, que ocorre em julho, sempre coincide com a metade da temporada da série da HBO. Mesmo assim, isso não quer dizer que o seu painel seja menos aguardado do que o de séries novas ou das que estão em hiato de episódios. Principalmente neste quinto ano no qual a série tem proporcionado alegria aos fãs de uma forma que há muito tempo não se via. Assim, o tradicional vídeo com um preview da metade final da temporada era muito esperado. E, já posso adiantar, não decepcionou nem um pouco. Talvez a única decepção que tive após assistí-lo foi o fato de não poder ver os episódios agora (você pode ver o vídeo no final do post).

Uma das coisas mais legais dos painéis de True Blood é que o elenco comparece em peso. Este ano não foi diferente e o evento contou com: Ryan Kwanten (Jason Stackhouse), Sam Trammell (Sam Merlotte), Rutina Wesley (Tara Thornton), Deborah Ann Woll (Jessica Hamby), Kristin Bauer van Straten (Pam de Beaufort), Joe Manganiello (Alcide Herveaux), Chris Meloni (Roman Zimojic), Anna Paquin (Sookie Stackhouse), Stephen Moyer (Bill Compton) e Alexander Skarsgard (Eric Northman); além do criador e produtor executivo Alan Ball. Ou seja, seria mais fácil dizer quem não foi ao painel. E,  para mim, a única ausência sentida foi a do ator Nelsan Ellis (Lafayette).

Talvez pela quantidade de spoilers presentes no vídeo apresentado, durante a coletiva os atores foram misteriosos ao discutir os rumos dessa temporada. Alguns fãs tentaram obter informações sobre o que pode ser abordado no sexto ano da série, trazendo à tona acontecimentos dos livros como a guerra das fadas e um personagem chamado John Quinn. No entanto, como esse é o último ano de Alan Ball como showrunner, não foi possível obter as respostas para estes questionamentos, já que ele alegou não conhecer os planos dos novos roteiristas que irão assumir.

Seguem os pontos altos do painel:

- O moderador do painel Tim Stack, da Entertainment Weekly, perguntou a Ball sobre as diferentes combinações de relacionamentos entre os personagens. Alan afirmou que gosta de variar as interações, o que levou a discussão sobre um dos principais relacionamentos desta temporada: Pam e Tara. O produtor afirmou que, no início da quarta temporada, ele desenvolveu o desejo de explorar a transformação em vampiro de alguém que realmente odiasse estas criaturas, fazendo assim um contraponto à história de Jessica. Ambas as atrizes, Rutina e Kristin, afirmaram estarem se divertindo muito com esta trama. Rutina chegou a agradecer Pam pela influência que ela teve no seu estilo, que pode ser observada pelo novo gosto especial de Tara por peças de couro.

- Stephen Moyer, o Bill, irá dirigir o oitavo episódio da temporada. Segundo ele, levou algum tempo para convencer Ball a deixá-lo fazer isso. Ele também disse que foi um sentimento maravilhoso e diferente assistir a pedaços do episódio em seu trailer. Foi revelado que Sam Trammel teve uma cena muito difícil nesse episódio, mas não foram fornecidos detalhes sobre o teor da cena.

- Um dos momentos mais engraçados foi quando um fã perguntou a Joe Manganiello se ele deu aulas de strip-tease para Tara, fazendo referência ao papel do ator em Magic Mike. Nesse momento, Joe levantou e começou a rebolar como se fosse tirar a roupa , o que levou uma outra pessoa a pedir a Alan Ball para fazer o mesmo. O produtor executivo atendeu ao pedido, surpreendendo a todos. Joe levantou de sua cadeira e jogou alguns dólares na frente de Ball como recompensa pelo show proporcionado.

- Os atores tiveram que responder qual foi o episódio ou a cena mais memorável que filmaram. Deborah respondeu que o episódio 10 desta temporada será muito especial para Jessica (e foi o máximo de informação que deu); Kristin citou a cena na qual foi libertada por Eric (a atriz chegou a ficar com os olhos marejados ao relembrar a cena em outro momento do painel); Alex escolheu a morte de Godric como a mais memorável; e Anna mencionou a derradeira cena do último episódio exibido. Todas escolhas muito boas, na minha opinião (embora não tenha visto a cena de Deborah, a escolha não deixa de ser boa, já que deixou todos nós ansiosos para o décimo episódio).

- Ou o ambiente nos bastidores da série é muito bom, ou estes atores merecem um Oscar por fingirem tão bem a admiração mútua que demonstraram durante toda a entrevista. Os elogios proferidos não foram poucos.

- Uma fã na primeira fileira foi vestida com o famoso moletom amarelo do primeiro episódio da quinta temporada! Quem chamou atenção para o fato foi a atriz Kristin Bauer.

-  Chris Meloni foi questionado sobre a diferença entre trabalhar em Law & Order: SVU e True Blood, no que o ator brincou: “Tentar descobrir o que é um crime sexual nessa série é mais difícil”.

- Entre as poucas informações sobre a reta final da temporada fornecidas por Ball tivemos: serão introduzidos três novos romances até o fim do quinto ano e veremos mais flashbacks com os pais de Jason e Sookie.

- No final do painel, tivemos o momento mais emocionante quando o ator Stephen Moyer incentivou a plateia a prestar uma homenagem a Alan Ball, que deixará a série após o fim da temporada. O público respondeu aplaudindo o showrunner de pé, que ficou muito emocionado com o gesto e afirmou que, se não estivesse tão velho e cansado, continuaria mais alguns anos em True Blood, que foi o trabalho mais divertido de sua carreira.

Para quem não tem medo de spoilers mais pesados, segue o preview maravilhoso do resto da temporada, exibido no início do painel:

O que comentar sobre esse trailer? Sookie perdendo seus poderes? Tara stripper sendo confrontada pela mãe? Lafayette ajudando Terry a entrar em contato com a mulher que o amaldiçoou? Alcide aceitando a liderança dos lobos? Roman falando sobre a guerra? Russel sendo Russel? Cenas quentes entre Sookie e Bill (quem lê as reviews da série sabe como eu gosto do casal)? GO-DRIC? Estou sem palavras. Só posso dizer que amo muito tudo isso.



*Vídeos:










*Fotos:































sábado, 25 de agosto de 2012

Comic-Con 2012: Vampire Diaries






E finalmente um dos painéis mais aguardados do evento aconteceu na tarde desse sábado. Depois do grande estrondo causado pelo final da terceira temporada, The Vampire Diaries renova sua trama e começa uma quarta temporada praticamente do zero. Para aqueles desinformados que ainda não sabem o que se passou no season finale que vimos lá em abril, em uma das melhores sequências da série, Elena e Matt sofrem um acidente de carro, no mesmo lugar que a garota perdera seus pais, só que dessa vez ela não deixa que Stefan a salve. Depois de alguns minutos descobrimos que Meredith (Torrey DeVito) tinha colocado sangue de vampiro nas suas veias e então vemos a cena final com a garota abrindo os olhos, dando início a sua transformação.



Sim, muitas emoções. Agora vamos ao assunto que interessa: o que os atores contaram no painel. O evento começa com a exibição de um vídeo que tem as perguntas ‘To feed? Or not to feed?’ (relacionado ao fato de alimentar ou não Elena para ela se transformar em vampira) e termina com os dizeres ‘Death became her’. Pois é, o que será que nos aguarda nessa quarta temporada? Logo entram Kevin Williamson (criador da série), Julie Plec (produtora executiva), Michael Trevino (Tyler), Zach Roerig (Matt), Steven R McQueen (Jeremy), Paul Wesley (Stefan), Ian Somerhalder (Damon), todos acompanhados pela belíssima Nina Dobrev (Elena/Katherine). Vale notar que antes do começo do painel, Sebastian Roche (Mikael) estava no meio do público, deixando a multidão em polvorosa. Williamson começa comentando que as filmagens da quarta temporada se iniciaram nessa semana, por isso eles ainda não tem muito o que mostrar.

Plec complementa o comentário, dizendo que os escritores já estão pensando nessa temporada a algum tempo e o engraçado é que todos na sala de produção tem uma estranha sensação de familiaridade com aquilo tudo, mas ao mesmo tempo eles tem uma série completamente nova em suas mãos. “É uma sensação muito boa!”, diz Plec que ainda adiciona que os irmãos Salvatore terão que lidar de alguma maneira com a transformação da amada e, além de tudo isso, é o ano da formatura dos personagens, o que significa uma importante passagem para eles. Depois foi a vez de Trevino fazer um comentário sobre seu personagem. Segundo o ator, nem mesmo ele suportava Tyler na primeira temporada, ressaltando que a transformação do personagem em lobisomem foi de grande importância para o seu crescimento na série.



Nina comenta então sobre o desafio que a quarta temporada a trará como atriz. Até então era fácil distinguir que mascara vestir, porque uma era humana e a outra vampira. Porém a atriz diz que dará seu máximo para fazer com que as características de Elena permaneçam na sua personalidade de vampira (e se intensifiquem), mantendo uma diferença de sua antecedente Katherine. “Elena entrará numa luta contra si mesma pois está se tornando algo que ela nunca quis ser, será uma jornada interessante de assistir“, disse Dobrev. A palavra chega a Ian, que diz que Damon estará incontrolável nessa temporada. Afinal, Damon sempre se controlava a mando de todos exatamente para não acontecer o que aconteceu, logo nada mais o impede de fazer o que der na vontade.

Williamson se dirige a Roerig e pergunta se essa seria finalmente a temporada de Matt. O ator responde que essa será a temporada que Matt tenta, com todas as forças, se manter humano. Questiona-se Paul sobre o triangulo amoroso, o qual o ator brinca dizendo que seria sensacional fazer um sanduíche Salvatore em Elena, deixando muitas meninas da plateia com vontade de estar no lugar de Dobrev. O elenco tem uma química sensacional e as brincadeiras rolam sem parar na mesa. Zach sugere que Matt deveria dar uns pegas na xerife Forbes, rindo e agradecendo por sua colega Candice Accola não estar por ali, senão ele levaria um puxão de orelha. Paul embarca na zuação e diz que é louco para se atracar na cama com Elijah e seu jeito sexy, arrancando risadas de todos. Nina também brinca e diz achar Katherine e Elijah um casal perfeito (qualquer um faz um par perfeito com Nina, mas tudo bem…).



Nina diz também que se sentiu muito foda ao fazer a cena do acidente embaixo d’água. Plec já comenta que amou assistir a cena da despedida de Alaric com todos segurando velas, confessando que foi as lágrimas ao ver a cena pronta. Paul conta para a multidão que Matt Davis foi as lágrimas durante a filmagem, fazendo muitas presentes reagirem de maneira fofa (vulgo ounn). O primeiro fã que chega ao microfone cumprimenta o elenco mais sexy segundo a EW. Plec comenta que Katherine não dará as caras até que a ameaça de Klaus não seja mais um perigo para ela e que perceberemos quando isso acontecer. A segunda pergunta quase foi censurada e o elenco não ficou nada feliz com isso. Ian disse meio bravo que era exatamente para responder aos fãs que eles estavam lá, portanto isso não fazia sentido, arrancando aplausos de todos pela atitude.

A transformação de Elena foi algo trazido a mesa de discussões no meio da segunda temporada, por isso que Plec tinha certeza que o estúdio não discordaria da decisão ao final da terceira temporada. Sobre a volta de Alaric, Plec confirma que o ator tem total liberdade no seu novo show para fazer participações em TVD, portanto essa é uma possibilidade real. “Nós não gostamos de viver num mundo onde Davis não faz mais parte da nossa família, portanto essa participação é totalmente possível”, ressalta Julie. O assunto recai sobre Esther e da onde veio seu ensinamento como bruxa, pergunta que Plec comenta dizendo que a resposta aparecerá nesse ano e será muito interessante.

Ian então comenta sobre como ficará o triângulo amoroso da série após a transformação de Elena. O ator diz que os irmãos Salvatore terão de ajudar, juntos, a garota a passar por isso, portanto será um período de grande aprendizado e conhecimento para os três, ressaltando que o processo e o resultado serão bem interessantes. Paul complementa que, além disso, agora eles podem fazer um sexo da maneira vampírica, que dura menos de um segundo – acompanhando o comentário com um barulho que fez todos gargalharem, tanto na mesa, quanto na platéia. Plec diz que não veremos as gêmeas Kitsune, personagens dos livros, esse ano na série, mas que estaremos vendo muito mais de Meredith, personagem importante na saga de livros. Assim encerra-se o painel da série na Comic-Con, para infelicidade geral. A estreia da nova temporada a gente confere no dia 11 de outubro, pelo canal The CW. 



*Vídeo:





*Fotos:
















quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Comic-Con 2012: Supernatural



Post in: Omelete

O elenco e a equipe de Supernatural, o sucesso cult de longa data da WB/CB, vieram a Comic-Con para discutir o final da sua sétima temporada e suas consequências para a oitava. Entre os presentes do painel, os atores Jared Padalecki, Jensen Ackles, Jim Beaver, Misha Collins e Mark Sheppard, o roteirista e produtor-executivo Ben Edlund e o novo produtor principal Jeremy Carver.

Melhores momentos do painel:

Jeremy Carver, que deixou Supernatural ao final da quinta temporada para se tornar o produtor principal de série do canal SyFy Being Human, comparou o seu retorno à série a "ser um escoteiro e voltar como chefe do acampamento". Carver será agora coprodutor principal ao lado de Robert Singer na oitava temporada.

A sétima temporada acabou com os irmãos Winchester mais uma vez separados - desta vez com Dean sendo mandado para o purgatório. A oitava temporada retomará a história algum tempo depois - Dean recentemente retornado do purgatório. O que aconteceu nesse meio tempo, porém, permanecerá um mistério, sendo desvendado por flashbacks ao longo da temporada. Quando questionado sobre o que Dean poderá encontrar no purgatório - talvez um ou dois conhecidos - os dois produtores permaneceram em silêncio. Jensen Ackles acrescentou que ele honestamente não sabe o que aconteceu no purgatório - ele ainda não viu as páginas do roteiro.

Misha Collins e Jim Beaver também se mostraram ignorantes quanto ao destino dos seus personagens. O primeiro, questionado sobre o que aconteceu com o arcanjo Castiel e como ele retornará para o programa, bufou e gaguejou antes de dizer "Ele saiu para beber uma cerveja e retornará em breve". Jim Beaver foi, se é que é possível, ainda mais discreto sobre a aparente morte de Bobby. Quando questionado sobre se ele retornará ou não para uma nova temporada, ele respondeu brevemente, "Tudo é possível".

Carver notou que a força de Supernatural reside no laço entre os dois irmãos, mas que a ruptura causada pelo repentino desaparecimento de Dean afetará profundamente a relação entre os dois. Na ausência do irmão, Sam Winchester se volta para um novo interesse romântico no começo da temporada. Edlund declarou que os "Winchesters sempre foram emocionalmente reclusos...Nesta temporada os dois vão aprender a se conectar com o mundo exterior". Essa será a primeira vez que o programa tentará "criar uma verdadeira relação romântica". Uma pessoa na plateia perguntou para Ackles se ele também ganharia um interesse amoroso nesta temporada. Ackles encolheu os ombros. "O único romance verdadeiro na vida de Dean é o seu carro".

Marc Sheppard sobre o vilanesco Crowley: "Crowley é o que acontece quando você não presta atenção". Edlund acrescentou que a relação de Crowley com os irmãos, embora tensa, tem sido sempre "recíproca" - todos tipicamente querem o fim do apocalipse, matar Leviatã -, mas nessa temporada os irmãos vão finalmente bater de cabeça com o Rei do Inferno. Assim sendo, Crowley se tornará uma fonte de conflito entre os irmãos na próxima temporada.

Edlund e Carver comparam a estrutura da nova temporada a Os Caçadores da Arca Perdida. "Tipicamente", Caver afirmou, "os irmãos estão reagindo a algum evento trágico ou situação horrível...". Nesta temporada eles estarão muito mais ativos, buscando encontrar algo antes que Crowley e os outros. Quando pressionado sobre o que seria esse "algo', Edlund responderia apenas que é "uma fonte de energia baseada na mitologia...que já vimos de relance algumas vezes".

Jared Padalecki sobre que traços ele gostaria de ver Sam desenvolver: "Não há muito que não foi explorado, é bom que Sam não esteja mais respondendo a eventos passados nesta temporada. Ao invés disso você pode ver o que ele escolheu ser, ao invés de o que ele foi forçado a ser...". A questão para Sam nesta temporada será "Quem sou eu?".

Questionados se Deus será revelado em algum momento na série, Carver e Edlund fizeram uma pausa excessiva antes de circular pela perguntar. "Essa temporada realmente será guiada por mitologia pesada, abrindo o programa para novas áreas". Porém, Carver provocou ao final. "Um elemento mitológico abrangente será introduzido que, esperamos, eles carreguem por muitas temporadas".

A oitava temporada de Supernatural estreia no dia 3 de outubro nos EUA.




* Vídeo:





*Fotos:














sábado, 18 de agosto de 2012

The mentalist: Contatos Oficiais

Salve Pessoal!



Uma dica pra quem gosta de The Mentalist e gostaria de notícias quentinhas e oficiais! Neste post tem os contatos oficiais da série e dos atores, mas são em inglês, vale a pena conferir. Nos contatos tem fotos (estas fotos abaixo são destes links),  notícias, comentários, os atores podem interagir com você, é muito bacana: 




Site da série: http://www.cbs.com/shows/the_mentalist/







Twitter da série: @Mentalist_CBS



Twitter dos escritores: @mentalistwriter


Twitter Oficial de Tim Kang: @Tim__Kang




Twitter Oficial de Owain Yeoman: @OYeoman





Twitter Oficial da Amanda Righetti: @AmandaERighetti
Site Oficial: http://www.amandarighetti.com










*Fotos:






























Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...